(67) 3320-4000
gestaocomercial@cdlcg.com.br
Rua Antônio Correa, 417 - Monte Líbano - Campo Grande-MS

Pau que bate nos Chicos não serve para educar o Francisco


A CDL CG – Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande alerta para a falta de diálogo de alguns parlamentares com os varejistas, ao criarem projetos meramente punitivos para o setor, sem ao menos ouvi-los ou dar explicações.

Dessa vez, o vereador Beto Avelar (PSD) pretende imputar a responsabilidade da segurança pública ao comércio e punir os estabelecimentos com multas de até R$ 500 em caso de roubos e furtos.

O tema é de suma importância para o comércio campo-grande que, diariamente, sofre com a falta de segurança em diversos pontos da capital e de forma pontual, na região central, onde usuários e traficantes estão tomando conta do local.

Além disso, o setor varejista acredita na importância do diálogo sobre tal assunto e questiona quanto à participação do Flex Park. Uma concessão de mão única, na qual só há lucro e não se tem retorno para a população. “Sou muito favorável, desde que seja explicado e regulamentado, se o consumidor ao pagar pela vaga de estacionamento na região em que temos o Flex Park terá o mesmo benefício de segurança, ou ali só se paga pela vaga?”, questionou o presidente da CDL CG, Adelaido Vila.

Para o presidente, é urgente que a população tenha segurança ao estacionar supermercados, farmácias, shoppings ou nas ruas da cidade. “O comércio não aguenta ser penalizado por tudo. De furto à pandemia, sempre é o varejista quem paga a conta e as contas que nos cobram são altas e injustas, haja visto que também somos pagadores de impostos”.




CDL - Todos os direitos reservados Desenvolvido por EquipeA.com.br