(67) 3320-4000
gestaocomercial@cdlcg.com.br
Rua Antônio Correa, 417 - Monte Líbano - Campo Grande-MS

CDL CG cobra de Governo do Estado destinação dos recursos do Mais Crédito MS


Meses após ser anunciado com grande festa, os recursos ainda não chegaram aos empresários

O programa Mais Crédito MS foi anunciado pelo Governo do Estado em julho de 2021, com a proposta de oferecer microcrédito para bares e restaurantes. Porém, mais de 7 meses após o seu lançamento, a CDL CG – Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande tem recebido inúmeras reclamações de empresários que dizem estar numa fila que nunca anda, sem qualquer devolutiva por parte do Governo.

O presidente da CDL CG, Adelaido Vila, vê com preocupação essa demora. “Quando foi anunciado esse crédito, os empresários ficaram esperançosos, pois muitos estavam endividados e viram nesses recursos uma opção para respirar um pouco, porém a esperança virou desânimo, uma vez que sequer uma resposta estão recebendo por parte do Governo”.

Adelaido pontuou ainda que a CDL CG questionou o Governo para saber qual a real situação do programa. “Enviamos ofícios para a Funtrab e para a Semagro para saber qual o prazo para liberar aos aprovados, pois temos relatos de empresários que estão na mesma posição da fila desde o cadastramento no ano passado. Estamos aguardando a resposta”.

O Mais Crédito MS promete emprestar até R$ 30 mil, parcelado em até 24X, sem juros, para empresas do setor de bares e restaurantes com faturamento de até R$ 360 mil, dentro de um pacote de R$ 800 milhões.

Retorno Semagro

A resposta da Semagro ao questionamento da CDL CG mostrou no mínimo despreparo da Secretaria responsável pelo desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

Sem o profissionalismo e o respeito que esta e todas as pastas de um governo exigem no que se refere a uma solicitação realizada por uma entidade, ou um cidadão, a CDL CG recebeu o próprio ofício scaneado, com um despacho à mão, no canto inferior do mesmo, sem data e uma assinatura que pode ser de qualquer servidor público, inclusive do secretário.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar despachou a demanda para o “Derzi”, na Funtrab.

A CDL CG lamenta a falta de profissionalismo e de forma especial de um órgão público tão importante para o crescimento e desenvolvimento de todo o nosso estado.

A CDL CG encaminhou ofício também à Funtrab, na mesma data em que foi enviado à Semagro. A entidade ainda não recebeu nenhuma resposta da Fundação.

 

Abaixo imagem do ofício com o retorno da Semagro.




CDL - Todos os direitos reservados Desenvolvido por EquipeA.com.br